Família Mazzorana                      

                                                                           Página do Mazzo


 

Genealogia             Brasão                   Entre em Contato                                              webmail       

Segundo o certificado, o sobrenome italiano Mazzorana é uma variante do nome Mazza, com várias possíveis origens.

Assim como muitos sobrenomes, pode ter derivado da atividade profissional do primeiro portador do nome. Como a palavra "mazza", em Italiano, significa martelo, malho ou bastão pesado, entende-se que o primeiro a utilizar este sobrenome pode ter usado algum destes instrumentos como ferramenta de trabalho ou pode ter sido um pastor ou um guerreiro.

No século X um general do exército do Rei de Pietro, trouxe de Messina para a Sicília cerca de 300 homens, onde cada um utilizava um bastão pesado, consequentemente o nome "Mazza".

Este sobrenome é encontrado ao longo da Itália. Na Emília Romagnaonde existe uma concentração de "Mazza" e "Mazzali" e mais ao sul encontra-se descendentes de Mazzacurati.

Em 1287, um ilustre Mazza foi de Messina para Nápoles e premiado pelo Rei James de Aragon com um brasão para prestar serviços ao estado.

No Brasil, a família Mazzorana teve início quando um dos descendentes italianos que carregava este sobrenome, partiu de Beluno, na Itália, e migrou junto com diversos italianos para o sul de Santa Catarina, estabelecendo-se inicialmente na região de Criciúma-SC.

Diversas famílias italianas iniciaram sua estabelecida no Brasil em busca de terras para o cultivo da agricultura. Desde aquela muitas difundiram-se pela região sul do Brasil e outras voltaram para a Itália, sem criar raízes pelo Brasil.

Apesar de muitos descendentes da família Mazzorana continuarem com a agricultura naquela região, alguns migraram para outras regiões em busca de trabalho e novas profissões. Alguns fixaram residência ao norte de Santa Catarina e outros no Paraná. Hoje encontra-se descendentes Mazzorana em diversas partes do Brasil, inclusive na região centro-oeste.

Até hoje encontra-se muitos descendentes da família Mazzorana no sul de Santa Catarina, principalmente em Nova Veneza e Urussanga, onde desde o início da colonização representaram um papel importante no desenvolvimento da região. Hoje, com muitos deles já formados nas diversas áreas do conhecimento, a família tem pessoas trabalhando em vários ramos comerciais e ajudam na prospecção e crescimento das cidades.